Carrinho - R$ 0,00
« Página anterior

A percepção das juventudes e espaços urbanos populares

A percepção das juventudes e espaços urbanos populares

R$ 39,00
SKU: 682557

Este livro representa uma importante contribuição para os estudos sobre as juventudes no Brasil e sua relação com as políticas de segurança pública.

.


  • Descrição

    Descrição do produto

    Este livro representa uma importante contribuição para os estudos sobre as juventudes no Brasil e sua relação com as políticas de segurança pública. Ao se apresentar como sujeito-objeto da pesquisa, a autora nos chama a atenção para algo que já era discutido na Escola de Chicago: interessar-se por temas que são próximos de nossa própria realidade social, auxiliados pelo repertório teórico e metodológico. Ao colocar luz sobre a importância de se considerar o ponto de vista das juventudes, tece uma importante crítica à atual política de segurança pública no Estado do Rio de Janeiro vigente durante o período de (2007-2016), e vocaliza as percepções dessas juventudes que habitam as favelas e chamando a atenção dos gestores de políticas públicas que, não raro, descartam o seu ponto de vista no momento da sua concepção.

  • Informação adicional

    Informação adicional

    Peso 0283 g
    Dimensões 23 x 15.5 x 1 cm
    Editora

    Gramma

    ISBN

    9788559682557

    Ano

    2017

    Autor(es)

    Leriana Figueiredo

    Número de Páginas

    184

  • Avaliações (0)

    Avaliações

    There are no reviews yet, would you like to submit yours?

    Be the first to review “A percepção das juventudes e espaços urbanos populares”

  • Sobre o Autor

    Leriana Figueiredo

    Graduada em Ciências Sociais (UFF/1999), Mestre em Ciência Ambiental (UFF/2002), Doutora em Sociologia e Direito (UFF/2015). Atuou como assistente de pesquisa no Programa de Estudos em Gestão Social da EBAP/Fundação Getúlio Vargas - RJ. Pesquisadora Assistente na área de Violência e Segurança Pública do ISER. Pesquisadora associada do Instituto Igarapé nas áreas de Violência, Juventude e Participação Social. Foi Gerente de Programa da Associação Luta Pela Paz no Complexo da Maré e também Gerente Executiva do Instituto Reação. Possui experiência na área de Meio Ambiente, com ênfase em Gestão Ambiental e acumula quinze anos de atuação nas áreas correlatas a prevenção de crimes e violências. Foi superintendente de Prevenção da Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro no período de (2012-2016).